UOL Notícias Notícias
 
20/08/2010 - 12h58

Venezuela: 19.133 assassinatos em 2009, segundo relatório oficial (imprensa)

CARACAS, 20 Ago 2010 (AFP) -A Venezuela registrou 19.133 assassinatos em 2009 cometidos principalmente com armas de fogo, segundo informe elaborado pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) revelado nesta sexta-feira pelo jornal El Nacional.

Desse total, 15.191 foram praticados com armas de fogo, segundo o relatório estabelecendo que a maioria das pessoas assassinadas eram homens de entre 25 e 44 anos de idade e pertenciam às classes mais desfavorecidas da população.

O informe "Pesquisa Nacional de Vitimização e Percepção de Segurança Cidadã 2009" foi elaborado pelo INE a pedido da vice-presidência da República, entre agosto e novembro de 2009, sendo apresentado ao governo do presidente Hugo Chávez em maio deste ano.

O informe não havia sido divulgado publicamente pelas autoridades.

Na Venezuela, o governo não publica números sobre a violência há muitos anos e é a imprensa que apresenta semanalmente estatísticas sobre crimes baseando-se no número de corpos que ingressam nos necrotérios.

A Organização Observatório Venezuelano da Violência calculou por sua vez que em 2009 foram assassinadas 16.047 pessoas contra 14.800 em 2008.

A violência é um dos assuntos que mais preocupam os venezuelanos a um mês das eleições parlamentares, que poderiam marcar o retorno da oposição ao Legislativo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host