UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 22h38

Carter vai à Coreia do Norte para libertar americano

WASHINGTON, 23 Ago 2010 (AFP) -O ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter (1977-1981) viajará à Coreia do Norte em breve para garantir a libertação de um cidadão americano de 30 anos detido em abril passado, revelou a revista Foreign Policy nesta segunda-feira.

"Jimmy Carter está pronto para viajar à Coreia do Norte em breve, informaram duas fontes ligadas ao ex-presidente, destacando que trata-se de uma missão privada para libertar um cidadão americano detido", segundo a revista.

O prêmio Nobel da Paz pretende viajar "em alguns dias".

Os Estados Unidos têm reafirmado sua preocupação com a saúde de Aijalon Mahli Gomes, um americano condenado a oito anos de trabalhos forçados por entrar ilegalmente na Coreia do Norte a partir da China.

Gomes trabalhou como professor de inglês na Coreia do Sul e segundo vários relatórios é um cristão devoto, que foi detido em janeiro e condenado em abril.

Segundo a imprensa estatal norte-coreana, Gomes tentou suicídio em julho e foi enviado a um hospital.

A Foreign Policy assinalou que a missão de Carter não será oficial, a exemplo do que ocorreu com o ex-presidente Bill Clinton no ano passado, que foi à Coreia do Norte para libertar duas jornalistas detidas na zona de fronteira com a China.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host