UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 08h36

Turquia vai retirar o Irã da lista de países que representam ameaça

ANCARA, 23 Ago 2010 (AFP) -A Turquia pretende retirar o Irã da lista de países que constituem uma ameaça para Ancara, no novo documento de política de segurança nacional conhecido popularmente como "a constituição secreta" turca, informa o jornal Milliyet.

Este documento será adotado durante a próxima reunião do Conselho de Segurança Nacional (MGK), em outubrou, e no texto o Irã não será mais citado como "uma ameaça privilegiada", destaca o jornal.

O Irã, país vizinho da Turquia, é acusado pelas potências ocidentais de ocultar um programa nuclear.

Não foi possível obter um comentário do MGK, um órgão consultivo composto por representantes do governo e do exército.

O novo documento substitui o redigido em 2005, que cita o polêmico programa nuclear de Teerã e ressalta a posição turca a favor de um Oriente Médio sem armas atômicas, em uma referência velada a Israel.

O texto afirma que apesar do Irã não ser uma democracia, não tenta exportar seu regime islâmico a Turquia, um país muçulmano, mas laico.

A Turquia, membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, desagradou os aliados, em particular os Estados Unidos, ao votar contra as novas sanções a Teerã, adotadas pelo Conselho em junho.

O governo islâmico moderado turco do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan insiste que está ao lado do Ocidente, mas ao mesmo tempo se apresenta como uma força regional em busca de novos mercados na Ásia e no Oriente Médio.

O novo documento de política de segurança nacional reduz ainda o grau de ameaça que representa a Grécia, vizinho da Turquia, segundo o Milliyet.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host