UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 09h27

Flórida define nas primárias candidatos para eleições de novembro

MIAMI, 25 Ago 2010 (AFP) -As primárias para definir candidaturas partidárias ao governo da Flórida e ao Senado começaram a definir o panorama político para as eleições legislativas de meio de mandato do democrata Barack Obama, em novembro nos Estados Unidos, nas quais os republicanos tentarão recuperar o controle do Congresso.

Na disputa pela candidatura dos republicanos para o governo da Flórida, Rick Scott, um milionário que investiu 50 milhões de dólares de sua fortuna na campanha, venceu Bill McCollum, procurador-geral do Eetado que contou com o apoio do ex-governador Jeb Bush e do ex-pré-candidato presidencial Mike Huckabee, segundo projeção da CNN.

Alex Sink, funcionária do departamento de Finanças da Flórida, se converteu na candidata do Partido Democrata para suceder o atual governador republicano Charlie Crist, que, por sua vez, buscará o Senado de forma independente.

A competição entre os democratas pela bancada do Senado para este estado resultou no triunfo do congressista e ex-policial Kendrick Meek, que contou com o apoio do presidente Barack Obama e do ex-presidente Bill Clinton (1993-2001).

O Partido Democrata da Flórida confirmou o triunfo de Meek sobre outro novato multimilionário, Jeff Greene, um empresário que investiu 20 milhões de dólares em sua campanha e que se apresentava como um renovador que nunca exerceu um cargo público.

O advogado Marco Rubio, de 39 anos, uma das novas figuras da ala radical do Partido Republicano, do setor conservador conhecido como "Tea Party", será o candidato ao Senado deste segmento depois que governador Crist deixou o partido para competir como independente pela mesma vaga.

Com o desemprego na Flórida acima da média nacional (9,5%) e que alcançou 11,5% em julho, a geração de emprego foi a promessa de campanha de todos os candidatos.

Além da Flórida, na terça foram realizada primárias nos estados do Arizona, Vermont e Alasca.

No Arizona o senador John McCain, candidato presidencial republicano em 2008, voltou a se candidatar e não teve problemas para obter a indicação republicana na Câmara Alta, onde ocupa uma vaga há quatro períodos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host