UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 15h48

Governo francês revela estatísticas de delinquência cometida por romenos

PARIS, 25 Ago 2010 (AFP) -O governo francês teve de recorrer a estatísticas policiais em Paris nesta quarta-feira para justificar sua política de expulsão de ciganos da Romênia, uma iniciativa polêmica tanto no país quanto no mundo.

"Não há registros sobre a delinquência por comunidade, mas por nacionalidade e eu observo, por exemplo, que em Paris os crimes envolvendo romenos aumentou no ano passado 138%", declarou o ministro do Interior Brice Hortefeux à rádio RTL.

Segundo a polícia, foram 3.151 casos em 2009 contra 1.323 em 2008.

Nos seis primeiros meses do ano de 2010, este índice aumentou 51,1% em relação ao mesmo período de 2008, e 49% dos delitos foram cometidos por menores.

Entre as 92.148 pessoas investigadas por atos de delinquência entre janeiro e junho de 2010 na capital francesa, 3.294 eram de nacionalidade romena (3,6%).

Em relação a menores, existem 1.197 romenos entre os 17.973 adolescentes investigados, ou seja, 6,6%, de acordo com o estudo da polícia.

Por danos ao patrimônio, 3.493 pessoas investigadas são de nacionalidade romena, num total de 25.590 episódios, o que quer dizer 13,65%.

O estudo é relacionado apenas à aglomeração parisiense.

Após muita discussão na mídia, o presidente francês Nicolas Sarkozy anunciou no dia 30 de julho que os acampamentos ilegais de ciganos na França seriam demolidos.

A França enviou mais de 8.300 romenos e búlgaros para seus países desde o dia 1º de janeiro e segue determinada a continuar esta política apesar das críticas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host