UOL Notícias Notícias
 
25/08/2010 - 15h07

Putin caça baleias em alto-mar e diz "não temer nada"


Em Moscou

O primeiro-ministro russo Vladimir Putin, perseguindo baleias em meio a altas ondas no Pacífico nesta quarta-feira, assegurou que "não tem medo de nada".

A televisão russa mostrou imagens de Putin atirando flechas com uma balestra em um bote inflável contra uma baleia cinzenta, uma espécie ameaçada de extinção, para assim obter uma amostra de sua pele para fins não especificados.

"Errei três vezes mas na quarta acertei", afirmou, ao voltar à imprensa.

Indagado por um jornalista, que classificou a missão de perigosa, Putin contestou, afirmando que "a vida em si é perigosa".

"Não tenho medo de nada", acrescentou. "A pessoa tem que fazer o que gosta."

Para o guia de Putin, Vladimir Burkanov, especialista do Instituto de Oceanografia do Pacífico, as ondas muito altas dificultaram a expedição.

Ao contrário de outros dirigentes russos, Putin jamais se mostrou interessado pela caça e afirma querer salvar as espécies ameaçadas como o tigre siberiano.

Esta semana, visitou uma estação de pesquisas no Círculo Ártico e ficou perto de um urso que estava comendo um salmão

"Gosto da natureza e tenho muito respeito pelo que fazem esses cientistas, já que é uma coisa importante e útil", afirmou o primeiro-ministro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h00

    -0,25
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h04

    0,20
    63.890,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host