UOL Notícias Notícias
 
28/08/2010 - 12h44

Irã diz que não há decisão final sobre condenação de mulher a apedrejamento

TEERÃ, 28 Ago 2010 (AFP) -O ministério iraniano das Relações Exteriores informou neste sábado que não foi tomada nenhuma decisão final sobre a condenação à morte por apedrejamento de Sakineh Mohamadi Ashtiani, por adultério e assassinato. Explicou que a pena foi "suspensa" e que o veredicto está sendo "examinado".

"Para as penas muito graves, há um procedimento particular e longo. A sentença está em exame, e quando a justiça chegar a uma conclusão, ela será anunciada", disse à AFP um porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Ramin Mahmanparast.

A história de Sakineh Mohamadi Ashtiani, mãe de família de 43 anos, que pode ser condenada à morte por apedrejamento por adultério e cumplicidade na morte do marido, vem despertando há dois meses intensa comoção e crescente mobilização nos países ocidentais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h10

    0,06
    3,138
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h14

    -0,16
    75.869,88
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host