UOL Notícias Notícias
 
29/08/2010 - 14h19

Polícia mexicana é atacada com explosivo durante a noite

NUEVO LAREDO, México, 29 Ago 2010 (AFP) -Um explosivo foi lançado na noite de sábado para domingo contra uma delegacia de polícia em Tampico (nordeste), no México, região onde 72 imigrantes clandestinos foram massacrados por uma gangue, informaram fontes policiais.

A explosão deixou duas pessoas feridas, dessas um policial, e destruiu o posto policial, segundo um dos funcionários.

"A explosão foi muito forte, ferindo também um dos nossos agentes" e uma outra pessoa que estava no local, confirmou.

O artefato foi lançado de um carro e os agentes tentaram persegui-lo. Apesar de uma troca de tiros, os bandidos conseguiram fugir.

Dois explosivos não identificados foram detonados no sábado na mesma região, ferindo pelo menos uma pessoa, em Reynosa, fronteira com os Estados Unidos, perto do necrotério onde os corpos dos 72 clandestinos massacrados no início da semana estão sendo identificados pelo Instituto Médico Legal.

Os corpos dos imigrantes assassinados por membros da gangue "Zetas" foram retirados da fazenda San Fernando e transportados para Reynosa.

Dois carros-bomba também explodiram na noite de quinta para sexta-feira, sem deixar vítimas, em frente a uma delegacia de polícia e uma estação de televisão da Ciudad Victoria, a capital da região, a 150 km da fazenda.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host