UOL Notícias Notícias
 
30/08/2010 - 19h46

Sete mortos em choques entre militares e narcotraficantes no México

CIUDAD VICTORIA, México, 30 Ago 2010 (AFP) -A escalada da violência do narcotráfico que se intensificou há uma semana no estado de Tamaulipas, nordeste do México, estendeu-se a uma cidade da vizinha Veracruz, onde nesta segunda-feira foram registrados sete mortos em choques entre militares e pistoleiros.

Segundo o governador de Veracruz, Fidel Herrera, está sendo investigada a possibilidade de que os atacantes pertençam ao cartel dos Zetas.

Os confrontos começaram na noite de domingo na cidade de Pánuco, de 35.000 habitantes, e prosseguiram na manhã desta segunda-feira, segundo as autoridades locais.

O resultado foram seis narcotraficantes e um militar mortos, cinco soldados feridos e seis traficantes detidos, segundo um número fornecido pelo Exército em comunicado.

Os Zetas são uma organização criada nos anos 90 por ex-militares que se somaram ao Cartel do Golfo - contra o qual lutam agora pelo controle de rotas do tráfico.

Os moradores de Pánuco viveram uma jornada de medo, segundo correspondentes de rádio e televisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host