UOL Notícias Notícias
 
31/08/2010 - 06h18

Oito mortos em choques entre militares e narcotraficantes no México

CIUDAD VICTORIA, México, 31 Ago 2010 (AFP) -A escalada da violência do narcotráfico que se intensificou há uma semana no estado de Tamaulipas, nordeste do México, estendeu-se a uma cidade da vizinha Veracruz, onde na segunda-feira foram registradas oito mortes em choques entre militares e pistoleiros.

Segundo o governador de Veracruz, Fidel Herrera, está sendo investigada a possibilidade de que os atacantes pertençam ao cartel dos Zetas.

Os confrontos começaram na noite de domingo na cidade de Pánuco, de 35.000 habitantes, e prosseguiram na manhã desta segunda-feira, segundo as autoridades locais.

O resultado foram seis narcotraficantes e um militar mortos, cinco soldados feridos e seis traficantes detidos, segundo um número fornecido pelo Exército em comunicado. Uma fonte da secretaria de Justiça disse ainda que um civil também morreu no confronto.

Os Zetas são uma organização criada nos anos 90 por ex-militares que se somaram ao Cartel do Golfo - contra o qual lutam agora pelo controle de rotas do tráfico.

Os moradores de Pánuco viveram uma jornada de medo, segundo correspondentes de rádio e televisão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h20

    -0,17
    3,131
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h28

    -0,88
    75.304,33
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host