UOL Notícias Notícias
 
02/09/2010 - 11h24

Bombardeio da Otan matou 10 civis no Afeganistão, acusa Karzai

CABUL, 2 Set 2010 (AFP) -Dez civis morreram nesta quinta-feira em um bombardeio da Otan contra três veículos que levavam pessoas envolvidas na campanha eleitoral no norte do Afeganistão, afirmou o presidente afegão, Hamid Karzai.

O presidente afegão condenou energicamente o ocorrido. "Na guerra contra o terrorismo, as pessoas favoráveis à democracia deveriam ser diferenciadas das que lutam contra ela", afirmou em um comunicado.

As forças internacionais da Otan no Afeganistão costumam ser acusadas pelas autoridades afegãos de matar civis durante suas operações contra os rebeldes talibãs.

"O presidente Karzai volta a insistir que os ataques aéreos contra localidades afegãs em nada contribuem com a guerra contra o terrorismo, e provocam a morte de civis afegãos", afirma o comunicado presidencial.

A Otan admitiu vários erros deste tipo nos últimos meses. A morte de civis nestas operações só alimenta o ressentimento da população ante as tropas estragneiras, nove anos depois da invasão do país.

No momento, a força internacional da Otan (Isaf) indicou, numa primeira reação, que abriu uma "investigação para saber se são certas ou não as alegações sobre a morte a morte dos civis".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host