UOL Notícias Notícias
 
19/10/2010 - 22h23

México apreende 105 toneladas de maconha na fronteira com EUA

TIJUANA, México, 19 Out 2010 (AFP) -As autoridades mexicanas encontraram na segunda-feira mais de 105 toneladas de maconha, na maior apreensão desta droga feita nos últimos anos no país, em uma operação na cidade de Tijuana, próxima a San Diego, na Califórnia, informou o Exército.

"Apreendemos mais de 10 mil pacotes de maconha, com peso aproximado superior a 105 toneladas", disse o general Alfonso Duarte, comandante da II Zona Militar de Tijuana, acrescentando que 11 pessoas foram detidas na operação.

Segundo o general, a maconha apreendida renderia 4,2 bilhões de pesos (335 milhões de dólares) nas ruas do México, e duas ou três vezes este valor no mercado americano, onde os traficantes pretendiam negociar a droga.

O porta-voz do governo para assuntos de Segurança Nacional, Alejandro Poiré, revelou que as autoridades suspeitam do Cartel de Sinaloa, de Joaquín "Chapo" Guzmán, o homem mais procurado do México.

"Esta foi a maior apreensão de maconha da história do país (...) e há indícios que apontam para a organização do Pacífico", também conhecida como Cartel de Sinaloa.

O governo mexicano mantém 50.000 soldados mobilizados desde o fim de 2006 para o combate aos cartéis de narcotraficantes. Desde então, mais de 28.000 pessoas foram assassinadas, a maioria em ataques atribuídos a disputas entre os grupos criminosos.

Tijuana, a cidade da apreensão gigantesca, é vizinha do estado americano da Califórnia, onde no dia 2 de novembro será votada em referendo uma proposta para legalizar o cultivo, transporte e venda de maconha.

Em todo o estado mexicano de Baixa Califórnia, onde está localizada Tijuana e que fica 2.800 km ao noroeste da Cidade de México, foram apreendidos 130 toneladas de maconha nos últimos três anos. Além disso, as autoridades descobriram nos últimos 12 meses dezenas de túneis construídos para transportar a droga até a Califórnia.

A gigantesca apreensão aconteceu depois de uma troca de tiros entre a polícia municipal de Tijuana e criminosos que integravam um comboio de sete veículos. Onze traficantes foram detidos na operação.

A polícia e o Exército mexicano encontraram maconha em três caminhões e, depois dos interrogatórios dos detidos, localizaram mais droga em um rancho e em uma casa de Tijuana, assim como em uma casa do município de Playas de Rosarito, próximo a Tijuana.

Uma fonte policial informou à AFP que 30 toneladas foram encontradas nos caminhões, 70 toneladas no rancho e cinco nas casas inspecionadas.

Duarte não explicou a qual grupo de narcotraficantes que opera na região pertencia a droga, que foi exibida à imprensa.

O Exército mexicano apreendeu em abril 18 toneladas de maconha também em Tijuana, no que era considerado a maior apreensão da droga nos últimos anos no México.

No total, as forças de segurança mexicanas apreenderam no ano pasado 2.105 toneladas de maconha, segundo dados oficiais do governo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,89
    4,165
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h26

    0,18
    104.489,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host