UOL Notícias Notícias
 
25/03/2011 - 08h07

Kan admite que situação em Fukushima continua imprevisível

OSAKA, Japão, 25 Mar 2011 (AFP) -O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, admitiu nesta sexta-feira que a situação na central nuclear de Fukushima continua sendo "muito imprevisível".

"A situação atual continua sendo muito imprevisível. Estamos atuando para impedir que a situação piore. Precisamos continuar extremamente vigilantes", declarou Kan em uma entrevista coletiva.

Segundo a empresa Tokyo Electric Power (Tepco), o vaso do reator 3 da central nuclear de Fukushima, que contém as barras de combustível, pode esatar danificada.

Quatro reatores da central nuclear de Fukushima Daiichi (N° 1), situada 250 km ao nordeste de Tóquio, sofreram graves acidentes em consequência de uma avaria do sistema de resfriamento provocada pelo terremoto e tsunami de 11 de março.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,44
    5,738
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    -2,72
    93.952,40
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host