Topo

S&P baixa nota da dívida japonesa

27/04/2011 00h21

TÓQUIO, 26 Abr 2011 (AFP) -A agência de classificação financeira Standard & Poor's reduziu nesta quarta-feira a perspectiva da nota da dívida a longo prazo do Japão, de "estável" para "negativa", por estimar que o custo do terremoto de 11 de março passado vai agravar a já pesada dívida pública japonesa.

A atual nota do Japão é "AA-", a quarta melhor de um total de 22, o que corresponde a um emissor de alta confiança, mas poderá cair em breve.

"Acreditamos que o custo da reconstrução será de 20 a 50 trilhões de ienes (entre 245 e 612 bilhões de dólares), com uma previsão média de 30 trilhões de ienes (366 bilhões de dólares)", destaca a S&P.

Se o governo "não adotar medidas para aumentar a arrecadação, tais como aumentos de impostos, acreditamos que as autoridades nacionais e locais assumirão o essencial deste custo, o que aumentará o déficit em dois pontos percentuais do PIB este ano e em um ponto no próximo".

A S&P concluiu que o déficit público do governo japonês "será superior a 8% até o ano de 2014, contra a previsão anterior de 2013".

Isto aumentará a dívida pública japonesa, que já representa cerca de 200% do Produto Interior Bruto (PIB) da terceira maior economia mundial.