UOL Notícias Notícias
 

Morte de Osama bin Laden

EUA confirmam morte de líder da rede terrorista Al Qaeda

  • Imagem: AFP
02/05/2011 - 22h33

Obama pede unidade nacional após morte de Bin Laden


Em Washington

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu aos políticos e ao povo americano nesta segunda-feira que a morte de Osama Bin Laden sirva de estímulo para que seja recriado o espírito de unidade nacional. O presidente dos EUA voltou a falar da morte de Bin Laden durante um jantar realizado na noite de hoje na Casa Branca.

Segundo Obama, os americanos experimentaram com a morte do líder da Al-Qaeda o mesmo sentimento de união que prevaleceu após o 11 de Setembro. "Fomos lembrados, mais uma vez, que há um orgulho que esta nação defende e que o fato de poder conseguir isso é algo mais profundo que o partido, mais profundo que a política", afirmou.

Após o anúncio, o presidente fez questão de reconhecer o trabalho daqueles que ele chamou de "heróis que conduziram essa missão incrivelmente perigosa".

"Sei que a união que se sentiu pelo 11 de Setembro foi desgastada com o passar dos anos e não tenho ilusões sobre as dificuldades e debates que terão que ser abordados nas próximas semanas e meses", afirmou.

"Esta noite traz uma fervorosa esperança de que podemos construir algo dessa união e desse orgulho para enfrentar os muitos desafios que ainda enfrentaremos", concluiu.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,39
    5,761
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h55

    2,49
    96.294,89
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host