UOL Notícias Notícias
 

Terremoto no Japão

Um dos maiores tremores da história desencadeia um tsunami, provoca mortes e deixa um rastro de destruição no Japão

  • Imagem: Reprodução
04/05/2011 - 06h38

Nível de substâncias radioativas aumenta no mar na área da Fukushima


Em Tóquio

O nível de substâncias radioativas registrou forte alta no mar a 15 quilômetros das costas da zona da central nuclear de Fukushima (nordeste do Japão), afetada pelo terremoto e tsunami de 11 de março, informou a operadora da usina, Tepco.

Mostras coletadas no leito marinho a 15 Km da central contêm 1.400 becquerels de césio 137 por quilo, segundo a Tepco Electric Power (Tepco).

O resultado é 600 vezes superior ao nível máximo de 2,3 becquerels encontrado atá agora nas costas de Fukushima.

As mostras, retiradas do mar na sexta-feira passada, contêm ainda 1.300 becquerels de césio 134 e 190 becquerels de iodo 131.

Os níveis de césio 137 e 134 eram, até então, considerados muito baixos para medição, segundo um porta-voz da Tepco. A empresa não informou se os padrões atuais são considerados perigosos.

Mostras obtidas a 20 km da central também registraram níveis elevados.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,85
    3,308
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h22

    0,25
    72.607,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host