UOL Notícias Notícias
 
09/07/2011 - 08h16

Sobe para 74 os mortos no acidente de avião na RD Congo

KINSHASA, 9 Jul 2011 (AFP) -Pelo menos 74 pessoas morreram na sexta-feira no acidente com o avião de uma companhia aérea congolesa com 118 ocupantes no aeroporto de Kisangani, nordeste da República Democrática do Congo (RDC), segundo a companhia.

"Há 74 cadáveres que se encontram no necrotério do hospital general de Kisangani, 28 dos quais foram trazidos esta manhã (de sábado)", declarou Mario-Real Shutsha, secretário-geral da Cruz Vermelha local.

O acidente ocorreu durante a aterrissagem no aeroporto de Kisangani, sob uma forte tempestade.

O avião, um Boeing 727, transportava "112 passageiros, duas aeromoças, um mecânico e três pilotos", completou.

"Um avião comercial regular da linha Kinshasa-Kisangani-Goma teve de enfrentar a 250 metros do aeroporto uma tempestade que continua atingindo Kisangani", capital da província, indicou anteriormente à AFP Lambert Mende, porta-voz do governo.

O avião tinha caído na extremidade da pista pouco depois de aterrissar e uma fumaça preta era vista no local do impacto, indicou um colaborador da AFP.

No início de abril, 32 pessoas morreram em um acidente com um avião das Nações Unidas quando a aeronave aterrissava em Kinshasa.

Os acidentes de avião são frequentes na República Democrática do Congo, e todas as companhias aéreas congolesas - cerca de cinquenta identificadas - estão incluídas na lista negra da União Europeia, que proibiu as operações destas em seu espaço aéreo.

O mau estado de manutenção das aeronaves, em grande parte antigas, a sobrecarga, a ausência de fiscalização, o desrespeito às regras de segurança e também as más condições meteorológicas são frequentemente as causas desses acidentes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,70
    5,453
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h18

    -0,06
    102.117,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host