UOL Notícias Notícias
 
15/08/2011 - 19h13

EUA declaram que novos assentamentos de Israel na Cisjordânia são 'preocupantes'


Washington (EUA)

Os Estados Unidos destacaram nesta segunda-feira que a decisão de Israel de construir quase 300 novas residências na Cisjordânia ocupada é "profundamente preocupante" e contraria os esforços para a retomada das conversações de paz com os palestinos.

"Tomamos conhecimento da aprovação para (a construção) apartamentos na Cisjordânia. Consideramos isto profundamente preocupante", disse a porta-voz do departamento de Estado, Victoria Nuland, à imprensa.

O ministro israelense da Defesa, Ehud Barak, deu sinal verde à construção de 277 novas residências em Ariel, um assentamento judeu dentro da Cisjordânia ocupada.

O anúncio eleva a mais de 2.700 o número de novas residências autorizadas por Israel nas últimas duas semanas, o que gerou protestos da liderança palestina.

Nuland lembrou que esta não é a primeira vez que os Estados Unidos criticam os assentamentos israelenses nos territórios ocupados.

"Como disse na semana passada sobre outra atividade de construção, este tipo de acusação é contraproducente para a retomada de negociações diretas. Tratamos deste tema com o governo de Israel e continuaremos manifestando nossa posição" a este respeito.

"Como cada governo americano durante décadas, não aceitamos a legitimidade do prosseguimento dos assentamentos".

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,52
    3,318
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,82
    61.675,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host