UOL Notícias Notícias
 

11 de Setembro

Dez anos dos ataques terroristas contra os Estados Unidos

  • Imagem: AP
11/09/2011 - 09h57

NY lembra o 10º aniversário dos atentados de 11/9

NOVA YORK, EUA, 11 Set 2011 (AFP) -Uma cerimônia em memória das quase 3.000 vítimas dos atentados do 11 de setembro de 2001 começou neste domingo em Nova York, nas presenças do presidente Barack Obama e de seu predecessor George W. Bush.

Como há 10 anos, o céu estava muito azul sobre Manhattan, enquanto Obama se dirigia a seu lugar na tribuna e um coro entoava as estrofes do hino nacional americano.

Pouco depois, às 08H46 locais, Nova York observou um minuto de silêncio, para marcar o momento exato quando, há 10 anos, o primeiro dos dois aviões sequestrados atingiu uma das torres do World Trade Center, começando os ataques do 11 de Setembro.

Logo em seguida, perto do local, atualmente em plena reconstrução, foi iniciada a leitura, por familiares, do nome das 2.983 vítimas dos atentados, em Nova York, Washington e Shanksville, um a um.

"Deus é nosso refúgio e nossa força, uma ajuda muito presente nas dificuldades", havia dito, antes, o presidente Obama, durante uma breve introdução, citando um salmo.

Um novo momento de silêncio foi respeitado às 9H03 (10H03 GMT), hora do segundo ataque.

Uma imensa bandeira foi hasteada no local e outra ao longo da torre 1WTC em construção.

Laura Bush, a ex-primeira dama americana, chorou durante a leitura dos nomes dos mortos.

As famílias conheceram pela primeira vez o memorial do 11 de Setembro, um espaço paisagístico de três hectares construído no local das torres gêmeas do World Trade Center.

Imensas fontes com cascatas internas têm gravados os nomes das vítimas.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    1,15
    4,124
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h25

    -2,34
    97.667,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host