Ucrânia denuncia várias mortes por ataques de separatistas contra refugiados

KIEV, 18 Ago 2014 (AFP) - O governo da Ucrânia acusou nesta segunda-feira os separatistas pró-Rússia de ataques com lança-foguetes múltiplos do tipo Grad contra uma coluna de refugiados perto da cidade de Lugansk, leste do país, com um saldo de "vários mortos, incluindo mulheres e crianças.

"Os separatistas atiraram contra uma coluna de refugiados perto de Lugansk, na estrada entre Jriashtsuvat e Novosvitlivka, com Grads e morteiros fornecidos pela Rússia", declarou o porta-voz militar Andrei Lysenko.

"Muitos civis morreram, incluindo mulheres e crianças", completou, sem revelar um número exato de vítimas.

O ataque aconteceu por volta das 9H40 (3H40 de Brasília), disse.

Os refugiados estavam em um corredor humanitário ao norte de Lugansk, reduto dos separatistas pró-Rússia, pelo qual mais de 1.800 pessoas fugiram da cidade em dois dias, segundo o porta-voz.



gk-neo/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos