PUBLICIDADE
Topo

Tempestade avança pelo nordeste dos EUA e nevasca anula mais voos

27/12/2012 19h50

NOVA YORK, 27 dez 2012 (AFP) - O nordeste dos Estados Unidos sofria nevascas e fortes ventos na passagem de uma extensa tempestade que varre o país desde a terça-feira e deixou uma dúzia de mortos, além de causar o cancelamento de milhares de voos em plenas festas de fim de ano.

Às sete vítimas fatais contabilizadas até a quarta-feira se somaram outras cinco relacionadas à tempestade: duas em Indiana (norte), uma em Ohio (norte), uma na Pensilvânia (nordeste) e duas na Virgínia (leste), de acordo com informações publicadas na quinta-feira pela imprensa local.

No entanto, cerca de 3.000 voos foram cancelados desde a terça-feira em diferentes aeroportos americanos, do Golfo do México (sul) até a Nova Inglaterra (nordeste) passando pela área dos Grandes Lagos (norte), segundo o rastreador de voos FlightAware.

Na região de Nova York, os aeroportos de JFK, Newark e LaGuardia sofriam atrasos e mais de 80 cancelamentos devido aos fortes ventos. O número de voos cancelados em todo o país superaram os 660 na tarde desta quinta.

Após sua chegada ao nordeste dos Estados Unidos na quarta-feira à tarde, a tempestade continuava avançando pela Pensilvânia, Nova Jersey, Nova York e pelos estados da Nova Inglaterra (Massachussetts, New Hampshire, Connecticut, Maine e Rhode Island), informou o serviço meteorológico nacional norte-americano.

O acúmulo de neve que caiu desde a manhã de 25 de dezembro até a tarde da quinta-feira chegou a 53 centímetros em Woodford (Vermont), 40 cm em regiões do centro do estado de Nova York e 38 cm no norte da Pensilvânia.

Os ventos alcançaram velocidades de mais de 100 km/h em partes de Nova Jersey, Delaware e Carolina do Norte e mais de 80 km/h em Eatons Neck (Nova York), segundo a mesma fonte.

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, ordenou na tarde de quarta-feira a abertura do centro de operações de emergência estadual para coordenar os esforços de resposta.

No Canadá, onde a tempestade também foi sentida, dezenas de voos foram cancelados ou atrasaram nos aeroportos de Montreal, Toronto, Ottawa e Quebec.

Segundo o serviço meteorológico canadense esperava-se a queda de até 50 cm de neve no sul de Quebec.

As autoridades advertiram, ainda, para fortes ventos que tornavam a visibilidade nula em estradas do leste de Ontário e sul de Quebec.

A extensa tempestade que afeta boa parte da América do Norte incluiu a passagem de 34 tornados na terça-feira pelo sul dos Estados Unidos, o que provocou graves danos e levou os governadores de Alabama e Mississipi a declarar estado de emergência em suas jurisdições.

Mais de 200.000 pessoas ficaram expostas ao frio e à escuridão na quarta-feira, depois que a tempestade derrubou as linhas de energia em Arkansas, Mississipi e Texas.

Entre sete vítimas mortais por causa da tempestade, duas crianças morreram quando a mãe perdeu o controle do veículo em que viajavam em uma estrada congelada de Arkansas na noite de natal.