Topo

México detecta vírus H7N3 em 12 granjas

18/02/2013 08h34

MÉXICO, 18 Fev 2013 (AFP) - As autoridades mexicanas afirmaram ter detectado em 12 granjas da empresa avícola Bachoco o vírus da gripe aviária H7N3, "altamente patogênico", o mesmo que no ano passado obrigou a sacrificar 22 milhões de galinhas produtoras de ovos.

"Localizamos outras cinco granjas afetadas, o que eleva a 12 o número unidades produtivas com a presença do vírus", informou a secretaria de Agricultura, Gado, Desenvolvimento Rural, Pesca e Alimentação (Sagarpa) em um comunicado.

Na sexta-feira, a Bachoco anunciou ter sacrificado 486.000 aves, procedentes de cinco granjas do estado de Guanajuato (centro).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias