Topo

Médico se oferece para operar menino que teve olhos arrancados pela tia

04/09/2013 09h49

O menino de seis anos que teve os olhos arrancados por uma tia poderá recuperar parcialmente a visão graças a um médico de Hong Kong que se ofereceu para implantar "olhos eletrônicos" nele.

Guo Bin, de 6 anos, foi encontrado no mês passado com os olhos arrancados em sua casa, na província de Shanxi, uma área rural do norte da China.

Sua tia, suspeita de ter cometido o crime, se suicidou na semana passada, jogando-se em um poço, e em sua roupa foi encontrado o sangue do menino, segundo a agência Xinhua.

Mesmo assim, o doutor Dennis Lam acredita que pode recuperar a visão primária do menino.

"Sua história me comoveu muito e acho que posso ajudá-lo", afirmou o médico, que espera a aprovação da família de Guo Bin.

As autoridades acreditavam, num primeiro momento, que o crime estava relacionado com o tráfico de órgãos, mas a polícia logo descobriu que se tratava de uma disputa familiar.

Mais Notícias