PUBLICIDADE
Topo

Desabamento de teto de teatro em Londres deixa 76 feridos

De Londres

20/12/2013 01h17

O desabamento do teto do Apollo Theatre - situado no coração de Londres - durante uma apresentação deixou 76 feridos na noite desta quinta-feira, sete em estado grave, segundo os serviços de socorro.

O número de feridos - inicialmente 88 - foi revisto para baixo pelas autoridades médicas.

"Muitos feridos saíram caminhando após o atendimento no local", informou à AFP um porta-voz dos serviços de ambulância.

Uma hora após o acidente, os bombeiros anunciaram a retirada de todas as pessoas presas sob os escombros.

"Fomos chamados às 20h15 (18h15 Brasília) ao Apollo Theatre devido ao afundamento do teto durante um espetáculo", disse à AFP um porta-voz da Scotland Yard.

A polícia, os serviços de resgate e oito caminhões dos bombeiros foram enviados imediatamente ao local, enquanto os espectadores presentes descreviam cenas de pânico, com a multidão coberta de poeira correndo para as saídas.

A Scotland Yard revelou no Twitter que um ônibus foi utilizado para transportar os primeiros feridos ao hospital.

Os bombeiros informaram, a princípio, que um balcão do teatro havia desabado, mas testemunhas citadas pela BBC afirmaram que partes da estrutura do teto caíram sobre os espectadores.

Após o desabamento, várias pessoas em estado de choque foram vistas andando sem rumo nas proximidades do teatro, enquanto a polícia isolava o bairro de West End, onde há muitos bares, restaurantes e teatros.

O acidente "ocorreu quase na metade da primeira parte do espetáculo", revelou uma testemunha.

"Dez minutos após o início da apresentação, escutamos um ruído repetitivo e pensamos que era a chuva. Então houve um barulho forte e tudo caiu", disse à AFP Desmond Thomas, de 18 anos.

"Foi o caos completo no teatro, totalmente aterrorizante e horrível", afirmou à TV Sky News Martin Bostock, que ficou ferido na cabeça.

Público pensou que queda fazia parte da peça

No início, o público pensou que o fenômeno fazia parte do espetáculo, mas depois percebeu que se tratava de um acidente, disse Bostock, que "caiu na real quando recebeu um golpe na cabeça".

Libby Grundy, 65, confirmou que "houve um barulho e depois uma nuvem de poeira". "Pensei que eram os efeitos especiais".

Khalil Anjarwalla ainda não acreditava como sua mulher, grávida de sete meses, e seus pais conseguiram escapar "quando fragmentos de vários quilos caíam do teto".

Os atores, todos ilesos, assistiram surpresos à queda do teto, revelou o diretor da peça.

Teatro tem 112 anos

O teatro construído em 1901, com 775 lugares e quatro níveis, estava cheio quando ocorreu o acidente, em meio à apresentação de "The Curious Incident Of The Dog in the Night-time", segundo diversas testemunhas.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, informou que acompanha regularmente os acontecimentos e elogiou as equipes de socorro por sua rápida intervenção.

A polícia não descarta qualquer pista sobre a origem do incidente, mas nada aponta para um ato criminoso.