Morre palestino ferido pelo exército israelense no início de dezembro

Ramallah, Territórios palestinos, 1 Jan 2016 (AFP) - Um palestino baleado por soldados israelenses no dia 8 de dezembro na Cisjordânia ocupada morreu nesta sexta-feira, anunciou o ministério palestino da Saúde.

Chadi Ghabichi, de 38 anos, sucumbiu aos seus ferimentos em sua casa adjacente ao campo de refugiados de Jalazun (Cisjordânia), disse o ministério.

Ghabichi foi ferido em 8 de dezembro passado em confrontos entre jovens palestinos e o exército israelense no campo de Jalazun, perto da colônia israelense de Beit El.

Desde o início do atual ciclo de violência, em 1 de outubro passado, 138 palestinos, 20 israelenses, um americano e um eritreu morreram.

A maioria dos palestinos morreram baleados pelas forças de segurança israelenses quando tentavam atacar com facas civis ou militares.

Em 2015, os ataques e confrontos deixaram 170 palestinos e 26 israelenses mortos, segundo um relatório das Nações Unidas.

Mais de 15.000 palestinos e 350 israelenses ficaram feridos, segundo o informe.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos