Soltos na Bélgica mais três suspeitos de ameaça de atentados

Bruxelas, 1 Jan 2016 (AFP) - Os três últimos suspeitos detidos na quinta-feira, na Bélgica, por ligação com as ameaças de atentados durante as festas de fim de ano foram soltos nesta sexta - informou a Procuradoria federal belga.

"No âmbito da investigação sobre atentados contra lugares emblemáticos em Bruxelas, os três últimos detidos foram liberados, depois de serem interrogados", acrescenta a nota da Procuradoria.

Ontem à tarde, a Procuradoria já havia anunciado a soltura de outras três pessoas, detidas no mesmo dia.

Já as prisões preventivas de Said S., um belga de 30 anos, e de Mohamed K., de 27, foram estendidas por um mês. Ambos foram indiciados na terça-feira "por ameaças de atentado e por participação nas atividades de um grupo terrorista".

Segundo a Procuradoria, planejavam atentar contra "lugares emblemáticos de Bruxelas".

Ontem, a Polícia belga fez sete batidas em diferentes bairros de Bruxelas e em Leuuw-Saint-Pierre, uma comuna ao sudoeste da capital.

A Polícia não encontrou armas, mas apreendeu material de informática, além de celulares, que estão sendo analisados.

Devido à ameaça de atentados, por questões de segurança, as autoridades de Bruxelas decidiram anular as celebrações de fim de ano.

lc-agr/meb/pc/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos