EUA pedem calma ao Irã e à Arábia Saudita

Washington, 4 Jan 2016 (AFP) - O secretário de Estado americano John Kerry pediu nesta segunda-feira aos chanceleres do Irã e da Arábia Saudita que mantenham a calma, depois do súbito rompimento das relações entre Riad e Teerã.

Altos funcionários americanos que não quiserem ser identificados afirmaram que o chefe da diplomacia americana conversou com seus colegas iraniano Mohammad Javad saudita Zarif e Adel Al-Jubeir sobre a crise desatada pela execução de um clérigo saudita.

No domingo, a Arábia Saudita rompeu relações com o Irã depois que manifestantes iranianos incendiaram duas representações diplomáticas do país em protesto contra a execução do clérigo Nimr Baqer al-Nimr.

A escalada entre Arábia Saudita e Irã provoca o temor de um aumento da violência sectária no Oriente Médio, particularmente no Iraque, onde duas mesquitas sunitas foram atacadas nesta segunda-feira na região central do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos