Califórnia tem mais um dia de fortes chuvas causadas por El Niño

Los Angeles, 6 Jan 2016 (AFP) - A Califórnia, estado da costa oeste dos Estados Unidos afetado por uma severa seca, foi atingido nesta quarta-feira por mais uma forte tempestade na região provocada pelo atual fenômeno do El Niño.

O Serviço Nacional de Meteorologia (NWS) informou precipitações de 360 mm na área do Aeroporto de Los Angeles, o que quebrou o volume recorde de 340 mm registrado em 1979.

As tempestades, que começaram a ocorrer no início da semana, podem provocar ventos de até 96 km/h, inundações e ondas de entre 3 e 4,5 metros.

As fortes chuvas também atingiram outras regiões do Estado, provocando o fechamento de várias estradas, cortes no fornecimento de energia e advertências sobre inundações.

Apesar da redução das chuvas na noite desta terça-feira, há previsões de novas tempestades para os próximos dias.

O NWS assinalou que o alerta de enchentes permanece vigente na noite desta terça-feira para a região de San Diego e outras comunidades costeiras, e advertiu os habitantes das zonas baixas para que abandonem suas residências.

A Califórnia deve ser atingida por várias tempestades provocadas pelo El Niño nas próximas semanas, mas os especialistas estimam que as chuvas não serão suficientes para recuperar a região de uma seca histórica.

O El Niño é um fenômeno cíclico que deve seu nome ao ressurgimento dos seus efeitos sobre o Natal. Produz um aquecimento das águas do Oceano Pacífico, que por sua vez provoca fortes chuvas em algumas áreas e secas em outras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos