EUA: evidência 'não é consistente' com explosão de bomba H na Coreia do Norte

Washington, 6 Jan 2016 (AFP) - A Casa Branca rejeitou nesta quarta-feira a afirmação norte-coreana de que realizou com sucesso seu primeiro teste de uma bomba de hidrogênio.

"As análises iniciais não são consistentes com a reivindicação da Coreia do Norte" de que realizou um ensaio bem sucedido de uma bomba de hidrogênio, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnst.

"Nada do que ocorreu nas últimas 24 horas leva o governo dos Estados Unidos a modificar sua avaliação das capacidades técnicas e militares da Coreia do Norte", acrescentou.

O anúncio norte-coreano foi recebido com muito ceticismo pelos especialistas, que opinam que a potência aparentemente liberada pela explosão foi muito fraca para que a bomba fosse de hidrogênio.

Earnst afirmou que o presidente americano, Barack Obama, abordará o tema nesta quarta-feira em conversa telefônica com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e com a presidente sul-coreana, Park Geun-Hye.

Em uma declaração aprovada por unanimidade -incluindo a China, aliada tradicional de Pyongyang- os 15 países-membros do Conselho de Segurança da ONU condenaram "firmemente" nesta quarta o novo teste nuclear norte-coreano e decidiram preparar um fortalecimento das sanções contra Pyongyang.

A Coreia do Norte realizou anteriormente três testes de bombas atômicas em 2006, 2009 e 2013. Esses testes geraram vários pacotes de sanções internacionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos