Coalizão liderada por Riad nega ter bombardeado embaixada do Irã no Iêmen

Riade, 7 Jan 2016 (AFP) - A coalizão liderada pela Arábia Saudita na luta contra os rebeldes no Iêmen negou nesta quinta-feira que seus aviões tenham bombardeado a embaixada iraniana em Sanaa, como alega Teerã.

Segundo uma investigação, estas "acusações são falsas, visto que não houve operações aéreas ao redor, nem perto da embaixada", garantiu a coalizão, em um comunicado.

A investigação "confirma igualmente que o prédio da embaixada está a salvo e não foi danificado", acrescentou o texto.

Mais cedo, o Irã anunciou que denunciaria o suposto bombardeio no Conselho de Segurança da ONU.

De acordo com Teerã, um dos mísseis lançados em um ataque aéreo contra Sanaa caiu perto da embaixada e feriu um dos guardas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos