Turquia convoca embaixador iraniano

Ancara, 8 Jan 2016 (AFP) - O ministério das Relações Exteriores da Turquia anunciou na quinta-feira à noite que convocou o embaixador iraniano para protestar contra os ataques da imprensa de Teerã ao presidente turco Recep Tayyip Erdogan, que não condenou a execução na Arábia Saudita de um clérigo xiita.

"Condenamos com firmeza que nosso presidente tenha sido tomado diretamente como alvo em certos textos da imprensa iraniana vinculada às autoridades oficiais iranianas (...) e exigimos que estas publicações cessem de imediato", afirma um comunicado da chancelaria turca.

O presidente conservador islâmico turco afirmou na quarta-feira que a execução do clérigo xiita era "assunto interno" de Riad, em contradição com o governo de Ancara, que na segunda-feira criticou a decisão.

O texto do ministério turco também considera "inaceitáveis e deploráveis" os ataques contra a embaixada e um consulado sauditas no Irã.

As relações entre Ancara e Riad se intensificaram consideravelmente nos últimos meses. Erdogan visitou a capital saudita no mês passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos