Bombardeios russos a prisão da Ak-Qaeda deixa cerca de 60 mortos, diz ONG

Beirute, 9 Jan 2016 (AFP) - Cerca de 60 pessoas morreram neste sábado nos bombardeios da aviação russa contra um edifício que servia de prisão para a rede extremista Al Qaeda, no noroeste da Síria, segundo um novo balanço da organização não governamental Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

"O saldo dos ataques russos contra a prisão da Al Qaeda subiu para pelo menos 57 mortos" informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que acrescentou que o balanço pode mudar, já que "30 feridos se encontram em estado crítico". Um saldo anterior informou 39 mortos.

Entre as vítimas há "21 civis, incluindo mulheres e crianças, 23 combatentes da Al Nosra, seis rebeldes e sete detidos", precisou a ONG.

lar/tp/jz-meb/eg/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos