Cerca de 7.500 manifestantes apoiam prisioneiros do ETA na França

Baiona, França, 9 Jan 2016 (AFP) - Aproximadamente 7.500 pessoas, segundo a polícia, 10.000 segundo os organizadores, protestaram neste sábado em Bayona (sudoeste da França) para pedir ao governo que ponha fim à dispersão dos prisioneiros do ETA e que libertem os presos enfermos.

Paralelamente houve outra manifestação similar em Bilbao, no País Basco espanhol, que reuniu 71.000 pessoas, segundo os organizadores.

Na cidade francesa, o ato foi convocado por sindicatos, associações de defesa dos direitos humanos, entre outros.

O coletivo autodenominado Bagoaz ("Vamos", em basco) pediu aos governos francês e espanhol que relancem o processo de paz no País Basco, mais de quatro anos e meio depois do anúncio do cessar-fogo feito pela organização separatista basca espanhola ETA.

"O processo de paz está em marcha, mas de forma unilateral porque os Estados espanhol e francês, apesar desse novo contexto histórico, faz de tudo para bloqueá-lo, obstinando-se na via repressiva", declarou Anne-Marie Michaud, presidente do Comitê de Direitos Humanos do País Basco.

col-lab/pfe/ah/fjb/jz/meb/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos