Crise entre Irã e Arábia Saudita não afetará negociações sobre a Síria

Teerã, 10 Jan 2016 (AFP) - A crise diplomática entre Arábia Saudita e Irã não afetará as negociações sobre o conflito sírio, afirmou neste domingo o emissário da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, em visita a Teerã.

"O ministro saudita das Relações Exteriores me assegurou que por sua parte não haverá qualquer impacto", disse De Mistura à imprensa. "No Irã já me prometeram", acrescentou.

Riad rompeu relações diplomáticas com o Irã depois da execução, no dia 2 de janeiro na Arábia Saudita de um líder xiita saudita muito crítico ao regime, Nimr al Nimr.

O emissário da ONU, que viajou a Riad em 5 de janeiro, disse estar preocupado pela crise entre os dois países mais influentes da região.

Junto com a Rússia, o Irã é o aliado mais fiel do regime de Bashar al Assad na Síria. A Arábia Saudita apoia a oposição síria e pede que o presidente deixe o poder.

Após duas conferências internacionais sobre a Síria celebradas em outubro e novembro em Viena, das quais Irã e Arábia Saudita participaram, a ONU quer organizar outra a partir de 25 de janeiro em Genebra com presença do governo e da oposição para iniciar negociações de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos