Obama: grupo Estado Islâmico não ameaça existência dos EUA

Washington, 13 Jan 2016 (AFP) - O grupo jihadista Estado Islâmico representa um perigo para os civis e deve ser contido, mas não é uma ameaça à "existência nacional" dos Estados Unidos, afirmou nesta terça-feira o presidente Barack Obama em seu discurso sobre o Estado da União.

A ameaça aos EUA "é o que Estado Islâmico quer contar, esta é a propaganda que usa para recrutar", disse o presidente, descartando a visão de que "isto é a Terceira Guerra Mundial".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos