Sete mortos em ataque perto do consulado paquistanês no Afeganistão

Jalalabad, Afeganistão, 13 Jan 2016 (AFP) - Ao menos sete integrantes das forças afegãs morreram nesta quarta-feira em um ataque com bombas e tiros perto do consulado paquistanês de Jalalabad, no leste do Afeganistão, anunciou o ministério do Interior.

"Sete membros de nossas forças de segurança morreram e outros sete ficaram feridos como resultado de um ataque terrorista", afirmou o ministério no Twitter.

A polícia isolou a área da explosão, onde também fica o consulado indiano, segundo um correspondente da AFP.

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou o ataque contra o consulado do Paquistão.

Em um comunicado em árabe, o EI, que estabeleceu forte presença nos últimos meses no leste do Afeganistão, afirma que o ataque foi executado por três combatentes e que dois deles detonaram as cargas explosivas que transportavam junto ao corpo.

As forças afegãs anunciaram que mataram dois autores do ataque.

Um homem-bomba iniciou o ataque ao detonar os explosivos perto do consulado, enquanto os outros dois integrantes do grupo entraram em uma casa próxima e abriram fogo contra as forças de segurança.

A ação aconteceu dois dias depois da primeira reunião organizada entre China, Estados Unidos, Paquistão e Afeganistão em Islamabad, a capital paquistanesa, para tentar retomar o processo de paz entre o governo afegão e os rebeldes talibãs.

O consulado do Paquistão em Jalalabad fica a centenas de metros da representação indiana.

A Índia, grande rival regional do Paquistão, sofreu nos últimos dias vários ataques contra seus interesses diplomáticos e militares no Afeganistão e em seu próprio território.

str-hs-gde/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos