Ataque do EI em Deir Ezzor mata 75 soldados sírios

Beirute, 16 Jan 2016 (AFP) - Pelo menos 75 soldados sírios e combatentes favoráveis ao regime de Bashar al-Assad morreram neste sábado, em um ataque do grupo Estado Islâmico (EI) na cidade de Deir Ezzor - indicou uma ONG.

De acordo com o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahmane, "mais de 60 (desses combatentes) foram mortos no subúrbio de Al-Baghaliyeh em um ataque lançado pelo EI contra vários bairros de Deir Ezzor e seus arredores".

O grupo EI conquistou vários bairros na dividida capital provincial e controla atualmente 60% da cidade, relatou o OSDH.

Em outro palco do conflito, na província de Aleppo (norte), violentos combates eram travados entre as forças do regime, apoiadas por bombardeios russos, e o EI, com um saldo provisório de ao menos 16 combatentes mortos, segundo o OSDH.

Os combatentes do EI morreram ao atacar uma posição do regime perto da cidade de Al Bab, no nordeste da província de Aleppo, completou o Observatório.

A televisão pública também informou que as forças do regime conseguiram repelir uma ofensiva na região.

Os aviões russos atacaram as posições do EI entre o aeroporto militar de Kueiris, nas mãos do regime, e Al Bab, segundo o OSDH.

Nos últimos dias as forças pró-regime avançaram a Al Bab, um reduto do EI, e retomaram várias aldeias dos arredores, disse a ONG.

mam-rh/sah/cmk/jri/jz/dmc/ma/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos