EUA buscam americanos desaparecidos no Iraque

Washington, 17 Jan 2016 (AFP) - Um grupo de cidadãos americanos teria desaparecido em Bagdá, capital do Iraque - informou o Departamento de Estado dos EUA neste domingo.

Em um breve e-mail, o porta-voz do Departamento de Estado americano, John Kirby, afirmou que "americanos desapareceram" no Iraque, sem especificar o número de pessoas e se são funcionários do governo, ou civis.

"Estamos trabalhando com total cooperação das autoridades iraquianas para localizar e recuperar esses indivíduos", acrescentou o porta-voz.

Kirby destacou que, para o governo, "a segurança e a proteção dos cidadãos americanos são nossa mais alta prioridade".

Um coronel da Polícia iraquiana, que pediu para não ser identificado, informou que três americanos e um intérprete iraquiano foram sequestrados no sul da capital e que forças iraquianas lançaram uma operação para encontrá-los.

A fonte policial disse que, segundo relatos, os sequestradores seriam milicianos vestidos com uniformes militares.

"Não sabemos em que trabalhavam os americanos sequestrados", disse o coronel.

Os Estados Unidos se retiraram do Iraque, militarmente, em dezembro de 2011. A partir de 2014, milhares de militares americanos começaram a apoiar os ataques aéreos da coalizão internacional contra o grupo Estado Islâmico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos