ONU pede definição das potências sobre delegados da oposição nas negociações sírias

Nova York, 18 Jan 2016 (AFP) - A ONU pediu nesta segunda-feira às grandes potências que cheguem rapidamente a um acordo sobre a composição da delegação da oposição síria que participará das próximas conversações de paz em Genebra.

As negociações sobre uma solução política entre o governo e a oposição sírios devem começar no dia 25 de janeiro, sob o patrocínio das Nações Unidas.

Segundo o plano definido em Viena em novembro por 17 países - incluindo as grandes potências e protagonistas do conflito como Arábia Saudita e Irã - estas negociações devem levar a um cessar-fogo, à formação de um governo de transição e à organização de eleições no prazo de 18 meses.

"Nesta fase, a ONU procederá a extensão dos convites (para Genebra) assim que os países que dirigem o processo (de Viena) tenham chegado a um acordo sobre que opositores serão convidados", declarou o porta-voz da ONU Farhan Haq. "O secretário-geral (Ban Ki-moon) exorta estes países a redobrar os esforços visando um acordo".

O porta-voz disse ainda que a ONU trabalha com a data de 25 de janeiro para a reunião, mas não excluiu um adiamento.

O diplomata russo na ONU, Vitali Churkin, confirmou à imprensa as profundas divergências sobre a composição da delegação da oposição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos