Vulcão em erupção na Indonésia força remoção de 1.200 pessoas

Em Kupang (Indonésia)

Mais de 1.200 habitantes da ilha de Flores, no leste da Indonésia, foram removidos devido à erupção de um vulcão que emana gases tóxicos e nuvens de cinzas.

As autoridades anunciaram nesta terça-feira (19) ter distribuído milhares de máscaras aos habitantes dos arredores do monte Egon, no leste da ilha, devido à intensificação da fumaça que sai da cratera.

As pessoas que vivem a menos de três quilômetros do vulcão receberam a ordem de deixar suas casas, e o tráfego nas estradas foi interrompido. As autoridades planejam ampliar a evacuação se a situação piorar.

"Estamos em um nível de alerta elevado e dispostos a evacuar a qualquer momento", declarou nesta terça-feira à AFP Silvanus Tobi, responsável pela gestão das catástrofes.

O vulcão começou a rugir em dezembro, mas sua atividade aumentou nos últimos dias.

O monte Egon é um dos 129 vulcões ativos do arquipélago, situado no chamado "círculo de fogo do Pacífico".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos