Israel anexará 150 hectares de terras agrícolas palestinas

Jerusalém, 20 Jan 2016 (AFP) - Israel está para anexar 150 hectares de terras agrícolas no vale do rio Jordão, na Cisjordânia, indicaram nesta quarta-feira um órgão do ministério israelense de Defesa e a imprensa local.

"Em virtude de uma decisão tomada no nível político (...), estamos na fase final antes de que essas terras sejam declaradas terras do Estado de Israel", disse à AFP o COGAT, órgão do ministério da Defesa encarregado de coordenar as atividades israelenses nos territórios palestinos ocupados.

Segundo a imprensa israelense são 150 hectares de terrenos agrícolas, perto da cidade palestina de Jericó e da colônia israelense de Almog.

Se for implementada, essa anexação será a maior em muitos anos no vale do rio Jordão, disse à AFP Hagit Ofran, da ONG israelense Paz Agora, que motora, documenta e denuncia a colonização nos territórios ocupados.

"O confisco contínuo de terras por parte do governo de (Benjamin) Netanyahu representa uma catástrofe diplomática", disse a ONG em comunicado.

"A decisão do governo (israelense) é mais um passo para a destruição de uma solução consistente em dois estados", acrescentou.

Segundo a imprensa local, parte dessas terras já está sendo explorada por agricultores israelenses.

No passado, Israel justificou esse tipo de anexação invocando uma legislação que permite apropriar-se de terras palestinas improdutiva durante anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos