Policial de Dubai é acusado de publicar passaporte de Messi

Dubai, 20 Jan 2016 (AFP) - Um policial de Dubai poderá ser condenado a seis meses de prisão por ter publicado nas redes sociais um vídeo do passaporte do jogador argentino Lionel Messi, informou a imprensa local.

O incidente ocorreu no aeroporto de Dubai, por onde o jogador do Barcelona passou no mês passado para receber um prêmio na sétima edição do Globe Soccer Awards.

"Fui ao controle de passaporte e percebi que Messi estava lá. Eu o peguei e gravei um vídeo com o passaporte", afirmou o policial ao jornal The National.

As imagens foram publicadas na rede social Snaptchat com a legenda: "É de Messi, que está em Dubai. O que eu faço? Prendo o seu passaporte ou o deixo passar? OK, pode passar" escreveu ele.

O policial, que se apresentou a um juiz, declarou-se culpado e admitiu que errou ao publicar informações do passaporte de Messi nas redes sociais, segundo o Gulf News.

Por esse delito, o agente poderia receber uma sentença de seis meses de prisão e uma multa que pode chegar a 500.000 dirhams (125.000 euros), de acordo com o jornal.

Ele é acusado de ter "violado a privacidade de Messi" e "abusar do sistema de telecomunicações".

Dubai anunciou em 12 de janeiro que Messi seria o embaixador mundial para a exposição universal que o emirado organizará em 2020.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos