Madri convoca embaixador venezuelano por declarações de Maduro sobre Rajoy

Madri, 22 Jan 2016 (AFP) - O governo espanhol convocou nesta sexta-feira o embaixador venezuelano em Madri para protestar contra as palavras do presidente Nicolás Maduro, que classificou o chefe de Governo espanhol de "intervencionista, racista e colonialista".

O protesto também foi contra uma viagem de políticos da esquerda radical a Caracas supostamente em um avião oficial venezuelano.

O embaixador Mario Isea foi convocado "primeiramente para uma queixa formal pelas declarações do sr. Maduro em relação ao presidente do governo, Mariano Rajoy, e, em segundo lugar, porque trata-se de uma ingerência muito importante nos assuntos do Estado espanhol que sejam realizadas viagens desta natureza", afirmou a número dois do governo, Soraya Sáenz de Santamaría.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos