Tunísia impõe toque de recolher noturno depois de protestos

Tunes, 22 Jan 2016 (AFP) - O governo decretou nesta sexta-feira um toque de recolher noturno em toda a Tunísia ante a propagação em várias cidades de uma revolta social desatada em uma região empobrecida.

"Ante os danos contra as propriedades públicas e privadas e o perigo que representam a continuação desses atos para a segurança da pátria e dos cidadãos, foi decidido proclamar a partir de hoje (sexta-feira) um toque de recolher em todo o território tunisiano, de 20H00 a 05H00", informou o ministério do Interior.

Dezesseis pessoas foram detidas na quinta-feira à noite após saques em um bairro popular da capital da Tunísia, em um momento de mobilização social em Túnis, anunciaram as autoridades.

"Depois dos saques em lojas e bancos em Cité Ettadhamen, 16 pessoas foram detidas", afirmou o comandante de polícia Khalifa Chibani, a respeito da noite de violência em um bairro popular ao noroeste da capital.

Chibani citou confrontos entre pessoas encapuzadas e as forças de segurança até "cinco da madrugada".

Túnis vive desde o início da semana um movimento de contestação social social, que começou na região pobre de Kasserine (centro) e depois atingiu outras zonas do país país, o que provocou vários confrontos entre os manifestantes e a polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos