Dois palestinos são mortos após esfaquearem duas mulheres na Cisjordânia

Dois palestinos foram mortos, após ferirem duas mulheres a facadas, uma delas gravemente, em uma colônia israelense da Cisjordânia ocupada, informaram a polícia e os serviços de segurança israelenses.

As vítimas, de 23 e 58 anos, foram esfaqueadas em uma loja na colônia de Beit Horon, noroeste de Jerusalém. A vítima mais jovem ficou gravemente ferida, e a outra teve ferimentos leves.

A dupla de agressores foi abatida a tiros por agentes de segurança, acrescentou a polícia. Agentes especiais desarmaram dois artefatos explosivos no local do ataque, relataram o Exército e a Polícia.

Os dois atacantes palestinos foram identificados como Ibrahim Allan, na faixa dos 20 anos, e Hussein Abu Ghosh, um adolescente, que não teve sua idade divulgada.

Este é o terceiro ataque dentro de uma colônia em oito dias, enquanto Cisjordânia, Jerusalém e Israel vivem uma onda de violência que deixou 159 mortos palestinos e 24 israelenses desde 1º de outubro, de acordo com uma contagem da AFP.

A maioria dos palestinos mortos foi apontada como responsável pelos ataques, ou como suspeitos de cometerem as agressões. Um americano e um eritreu também morreram na violência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos