Estação central de trens de Roma é reaberta após alarme falso

Roma, 25 Jan 2016 (AFP) - A principal estação de trem de Roma, Termini, que tinha sido evacuada nesta segunda-feira devido à presença de um homem armado na linha férrea, foi reaberta após a constatação de que se tratou de um alarme falso.

A estação tinha sido fechada por volta das 21H15 locais (18H15, no horário de Brasília) devido à presença de um homem armado com um fuzil na ferrovia, anunciou a companhia ferroviária nacional.

"Um homem armado se encontra na estação central Termini. Evacuamos a zona", indicou a polícia ferroviária.

A maior estação de trens da capital italiana, por onde passam milhares de pessoas nesta hora de pico, foi fechada pela polícia, que controla todos os acessos da estação.

Vários passageiros asseguraram, por meio das redes sociais, que viram um homem armado, com um boné azul e um fuzil na mão, caminhando pela via férrea até uma das entradas do metrô, que cruza a estação central.

O alarme foi lançado enquanto o presidente do Irã, Hasan Rohani, que realizava sua primeira visita oficial à Europa, estava perto de começar uma coletiva de imprensa, na sede da prefeitura de Roma, com o primeiro-ministro italiano Matteo Renzi.

Paralelamente, as forças de segurança detiveram na estação de metrô Anagni um homem armado com um fuzil de brinquedo, que tinha provocado o alerta.

Segundo a imprensa local, trata-se de uma pessoa com problemas mentais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos