Israelense esfaqueada por palestinos morre no hospital

Jerusalém, 26 Jan 2016 (AFP) - Uma israelense de 24 anos, gravemente ferida por facadas por dois palestinos em uma colônia da Cisjordânia ocupada, faleceu no hospital, anunciou a porta-voz do centro médico Hadassah de Jerusalém.

Outra mulher, que sofreu ferimentos leves na ação dos palestinos em uma loja da colônia de Beit Horon, está internada em outro hospital.

Os guardas da colônia mataram os agressores palestinos, que foram identificados como Ibrahim Alan, de 20 anos, e Husein Abu Ghosh, um adolescente, segundo a polícia.

O ataque de segunda-feira foi o terceiro dentro de uma colônia nos últimos oito dias, em um contexto de violência na Cisjordânia, Jerusalém e Israel, que matou 159 palestinos e 25 israelenses desde 1º de outubro, segundo um balanço da AFP.

A rádio pública de Israel informou que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu deu ordens ao exército para que apresente um plano de ação para melhorar a segurança das colônias, reforçando as medidas de proteção.

Muitos palestinos morreram durante ataques ou tentativas de ataques. Um americano e um cidadão da Eritreia também morreram na onda de violência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos