Serra Leoa: violentos protestos contra medidas anti-ebola deixam 3 feridos

Freetown, 26 Jan 2016 (AFP) - Pelo menos três pessoas ficaram feridas nesta terça-feira no norte de Serra Leoa no âmbito de protestos de jovens enfurecidos com as medidas anti-ebola que enfrentaram a polícia, segundo testemunhas e uma fonte médica contatada pela AFP em Freetown.

Atos de violência foram registrados em Barmoi Luma, no distrito de Kambia, onde a situação estava muito tensa desde o fim de semana passado por causa do fechamento de mercados, lojas e outros estabelecimentos comerciais, decidido pelas autoridades para tentar limitar os riscos de propagação do vírus, segundo moradores.

Serra Leoa anunciou na semana passada o falecimento de uma jovem mulher, uma estudante de 22 anos, em consequência do Ebola, horas depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarar o fim da epidemia na África Ocidental.

Mais de uma centena de pessoas que estiveram em contato com a jovem foram colocadas em quarentena, durante a qual uma tia da vítima morreu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos