ONU diz que não deve haver anistia para crimes de guerra na Síria

Genebra, 1 Fev 2016 (AFP) - O alto comissário da ONU para os Direitos Humanos, Ra'ad Zeid al Hussein, insistiu nesta segunda-feira que não deve haver uma anistia para os autores de crimes de guerra e crimes contra a humanidade cometidos na Síria no âmbito das negociações de Genebra.

"Temos uma posição de princípio nas Nações Unidas, que nenhuma anistia deve ser concedida para aqueles que são suspeitos de crimes contra a humanidade ou crimes de guerra", afirmou o comissário em Genebra.

"Esperamos que, durante as negociações (sobre a Síria), os mediadores insistam claramente neste ponto ante as partes em conflito."

nl-gca/chp/app.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos