Mais de 100.000 pessoas bloqueadas em estações ferroviárias no sul da China

Pequim, 2 Fev 2016 (AFP) - Mais de 100.000 pessoas, em viagens para as festas do Ano Novo chinês, estavam bloqueadas nas estações de trens de Cantão (sul), por causa das perturbações ao tráfego ferroviário provocadas pela neve.

Vários trens com destino à cidade, capital da província de Guangdong, não conseguiram viajar em consequência do frio recorde nas regiões norte e central da China, perturbando a maior migração mundial do ano.

A polícia informou que "quase 100.000 pessoas" permaneceram bloqueadas na segunda-feira em duas das principais estações da cidade.

Nesta terça-feira ao meio-dia, 50.000 pessoas permaneciam retidas na estação central de Cantão pelo atraso de 24 trens.

A província de Guangdong, chamada de "oficina do mundo", abriga centenas de fábricas que recrutam operários nas zonas rurais de todo o país.

Os operários retornam para suas cidades apenas uma vez por ano, para as festas do Ano Novo lunar, que este ano começa em 8 de fevereiro.

A cada ano, os sete dias de férias oficiais, que incluem os três dias anteriores e os três posteriores à data do Ano Novo, representam um teste gigantesco para os serviços de transporte do país.

Nos 40 dias ao redor da data, o governo prevê 2,91 bilhões de trajetos, o que equivale a mais de uma viagem de ida e volta para cada um dos 1.37 bilhão de habitantes do país.

wf-ehl/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos